Evaluation of alternative and augmentative communication in patients with amyotrophic lateral sclerosis, based on ICF

  • Samara Lamounier Santana Parreira
  • Micaele Kedma Ribeiro de Moraes
  • Vagner Rogério dos Santos
  • Lucimar Pinheiro Rosseto
  • Danielle Alves Vento
  • Everton Fleury Victorino Valle
  • Acary Souza Bulle Oliveira
Keywords: Nonverbal communication; Motor neuron disease; Quality of life.

Abstract

Introdução: A comunicação alternativa e aumentativa (CAA) é uma ferramenta que busca de proporcionar uma comunicação funcional eficiente em pacientes com dificuldade de habilidade comunicativa. Objetivo: avaliar o uso da CAA em pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) de acordo com a Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF). Métodos: pacientes com diagnóstico de ELA que tinham indicação de CAA ou que já utilizavam algum recurso, mas apresentavam queixas em relação ao uso, passaram por um processo de avaliação por meio de um questionário baseado na CIF, posteriormente receberam um novo recurso CAA junto a adequações posturais necessárias para a utilização do recurso; receberam treinamento e suporte para utilização; utilizaram o novo recurso por cerca de dois meses e retornaram para a reavaliação. Resultados: Foram avaliados cinco pacientes com idades entre 43 e 76 anos, de ambos os sexos. Os achados apontam impacto positivo da CAA na dificuldade de comunicação ao transmitir uma mensagem utilizando o novo recurso de CAA disponibilizado. Conclusão: mesmo com a progressão da ELA, todos os pacientes apresentaram redução da dificuldade comunicativa, confirmando os benefícios comunicativos em relação ao seu uso.

Published
03-12-2019
How to Cite
Parreira, S. L. S., Moraes, M. K. R. de, Santos, V. R. dos, Rosseto, L. P., Vento, D. A., Valle, E. F. V., & Oliveira, A. S. B. (2019). Evaluation of alternative and augmentative communication in patients with amyotrophic lateral sclerosis, based on ICF. Manual Therapy, Posturology & Rehabilitation Journal, 1-13. https://doi.org/10.17784/mtprehabjournal.2019.17.721
Issue
Section
Case reports