The acute influence of stretching in muscle resistance strength: transversal intervention study.

  • Jefferson Petto
  • Tarcísio de Almeida Cruz
  • Diego Silva Patrício
  • Marvyn de Santana do Sacramento
  • André Ricardo da Luz Almeida
  • Luís Alberto Bastos de Almeida
  • Alan Carlos Nery dos Santos
  • Diego Passos Diogo

Abstract

Antecedentes: O alongamento muscular é frequentemente aplicado como preparação para o treinamento de resistência, no entanto, uma literatura diverge quanto à sua resposta à força de resistência muscular. Objetivo: mostrar se a intensidade e o tempo de alongamento modificam a força da resistência. Métodos: O estudo inclui 30 homens jovens saudáveis, com 22 ± 2,5 anos de idade, praticando exercícios neuromusculares há menos de seis meses. Os participantes fizeram um teste de previsão de carga máxima (MLPT) no supino e após uma semana retornaram ao sorteio e execução do: Stretch Protocol (SP) - 60 segundos na amplitude máxima sem assistência; Protocolo de Flexão (FP) - 60 segundos de acompanhamento com assistência externa;e Protocolo de Base (PA) - exercício imediato. Todos os participantes passaram por todos os protocolos sempre realizados em segundas-feiras, realizando como repetições máximas com 70% da carga utilizada no MLPT. Para comparar os resultados dos diferentes dias de coleta, foi usado um ANOVA com TUKEY post-hoc. Todas as análises adotaram um valor de p≤0,05 como significativo. Resultados: a PA apresenta resultados maiores do que no SP e FP. Não houve diferença estatística entre SP e FP. Conclusão: 60 segundos de alongamento muscular passivo causam uma diminuição da força de resistência muscular, a redução de intensidade.

Published
21-12-2019
How to Cite
Petto, J., Cruz, T. de A., Patrício, D. S., Sacramento, M. de S. do, Almeida, A. R. da L., Almeida, L. A. B. de, Santos, A. C. N. dos, & Diogo, D. P. (2019). The acute influence of stretching in muscle resistance strength: transversal intervention study. Manual Therapy, Posturology & Rehabilitation Journal, 1-6. https://doi.org/10.17784/mtprehabjournal.2019.17.711
Issue
Section
Research articles